Os exames são bons

Sim ajudam a lembrar melhor

Os exames são bons
Grande ajuda para Gordon Bell
O que sabe de sua mente?
Não há pior momento na vida de um estudante que o dia do exame. Pois bem, um artigo publicado na revista Science nos dá um motivo para enfocarlos de forma mais positiva, já que nos ajudam a lembrar o que temos estudado. De acordo com esta pesquisa, uma das razões-chave parece ser a de que nos damos a nós mesmos pistas mentais mais eficazes quando somos examinados quando estamos apenas estudando.
Os responsáveis pelo estudo, as pesquisadoras Mary – e Katherine Rawson, da Universidade do Estado de Kent (EUA), chamam essas pistas mentais “mediadores” e os definidos como palavras, frases ou conceitos que ligam uma entrada para o “alvo” que estamos tentando lembrar-se.
Para testar esta hipótese, as científicas, apresentaram mais de 100 alunos do colégio universitário 48 pares de palavras em suaíli (uma língua africana falada sobretudo na Tanzânia e Quênia) e em inglês, tais como “wingu-cloud”. Durante o período de estudo inicial, foi solicitado aos estudantes que pensam mediadores que se viam ou soavam de forma semelhante à entrada do idioma estrangeiro e que estivessem semanticamente relacionados com o objetivo em inglês. No exemplo de “wingu-cloud”, “wing” poderia ser o mediador.
Os alunos que no meio do processo de memorização tiveram que fazer um exame conseguiram um melhor resultado na prova final de que os que não foram examinados. E, durante esse primeiro exame, pedir aos alunos que lembrarem-se de seus próprios mediadores melhorou ainda mais o seu resultado. Por isso, realizar um exame prévio antes do exame real poderia servir para tirar melhores notas.

About the Author