O plástico se altera

As embalagens desbloqueiam a testosterona

O plástico se altera
O plástico nos rodeia…

Hormônio
Sim, nós podemos!
Injeção de adrenalina
Por que todas essas mudanças de humor?
Uma investigação levada a cabo pela Universidade de Exter (Inglaterra) mostrou que existe uma relação direta entre a exposição ao Bisfenol A, um composto orgânico muito comum na fabricação de embalagens de plástico, como mamadeiras, garrafas, utensílios de cozinha ou recipientes de alimentos, e um aumento da testosterona em homens.
O Bisfenol A, mais conhecido por sua abreviatura BPA, é um dos químicos com um maior volume de produção, com 2,2 milhões de toneladas anuais. O problema é que não é um material estanque, isto é, as partículas de BPA do recipiente passam a alimentos ou líquidos que estão em contato, e, por consequência, para as pessoas que os consomem (é detectável em 90% dos humanos).
Até agora só tinha demonstrado o efeito nocivo do BPA em bebês (mesmo em países como o Canadá e a Dinamarca proibiram seu uso em mamadeiras e embalagens para crianças), mas este estudo mostra que afeta também os adultos. Para provar isso, foram analisados os níveis de testosterona de mais de 700 homens, que estavam expostos a este composto (mais de 5 microgramas por dia).
Os resultados da pesquisa revelaram que a maior exposição ao BPA, maiores são as mudanças hormonais. Este é o primeiro estudo que analisou os efeitos do BPA em pessoas adultas, e não em ratos, por isso, devemos esperar para saber se as alterações endócrinas são seus únicos efeitos.

About the Author