Luz contra o Parkinson

Descobrem uma nova terapia

Luz contra o Parkinson
A luz do futuro
Queimar o cérebro cura para a doença de parkinson
O olfato detecta o Parkinson
A chave para curar a doença de parkinson pode estar no laser. Assim o assegura um estudo realizado por Anatol Kreitzer, do Instituto Gladstone, da Universidade de Stanford. Kreitzer modificou geneticamente cerca de ratos com doença de parkinson para que os seus neurónios que não operavam com êxito no controle do movimento respondam a um laser activándose ou desactivándose.
Infográfico

About the Author